procura-se

calcadao[Nota mental: não esquecer que dizer não, não dói]

Preta Gil canta por aqui que o que me falta é coragem – fui atrás de mim na Guanabara, mas eu estava me procurando pela Lapa em salto doze, bebendo mais de três litros d’água/dia, dez míseros cigarros, uma barra de cereal entre uma lauda e outra, espaço dois, mil palavras por minuto e sequer um diminuto alô prá pronunciar se o telefone tocar. Faz de conta que eu saí, pode dizer que eu não tô nem aí, fui correr à beiramar, contornando o calçadão prá tentar me alcançar.

[Nota pretensiosamente casual: dizer sim pode ser bom]

Espalhe por aí...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Responder

Seu e-mail não será publicado.


*