la dolce vita

anjos_caidosPerseguir a (nossa) Fontana di Trevi — não exatamente a de Fellini mas, a de Carnevale, Elsa e Fred (recomendo!). Ou buscar aquela carta na manga, o plano C, secreto e intransferível, que provoca o sorriso de Mona Lisa — mas, que em você fica igual a cara do gato que engoliu o passarinho. A gente pode ser/fazer tudo que resolver, ouvi isso hoje. Ahá, eis o detalhe, resolver. Revolver soou melhor quando tentei soletrar. A gente muda ou apenas se recicla? Que desafio é capaz de temperar ou fatigar a vida?

Afinal — e entendi isso não sem uma pontinha de frustração –, alforriar os próprios demônios não garante a permanência dos anjos.

Espalhe por aí...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

2 Comentários on la dolce vita

  1. gostei muito de ginger e fred. afinal um fellini b é melhor do que quase todos os As que existem né.
    agora, adorei a idéia do plano c. quase todo mundo fala no plano b quando muito né. e além do b ter um c é um luxo do pensamento. muito bom. como o blog. sua levada linda. pensar em vc e sua capaciade tranquila e calma de levar a vida da melhor maneira possível me faz bem, me acalma também.
    e vou aprender a ter planos c também.rs.

  2. Revolver tudo o q nos apetece. Apesar do labiríntico sorriso da uma mona lisa; do gato q não digere o pássaro, não existe carta magna q nos determine ou Lei q alforrie. Viver continua a ser a única chama q nos chama. Liquidificar anjos e demônios é a única vitamina q nos serve…

Responder

Seu e-mail não será publicado.


*