Abril para Abrir-se

“As cores de abril
Os ares de anil
O mundo se abriu em flor
E pássaros mil
Nas flores de abril
Voando e fazendo amor”
[Vinícius de Moraes]

 

abril
[imagem Andrew Knapp]
Durante muitos anos cantei a música do poetinha Vinícius, trocando as “Cores” por ‘Flores’ de abril. E, mesmo depois de saber que a letra original reverenciava as cores e não as flores, continuei cantando, teimosamente. Ora, flores são cheias de cores. E o mais importante: se abrem! Como o mundo do poeta, como Abril.
 
Abril do latim ‘Aprilis‘, que quer dizer ‘Abrir’ porque agora, no hemisfério norte, o frio já se foi e as flores começam a desabrochar. Você percebe o convite?Um convite pra abrir os braços, abrir um sorriso, abrir o verbo.Abril é um mês que precisa do nosso movimento, da nossa iniciativa, da nossa intenção de abrir os trabalhos, o jogo, a negociação e, especialmente a conversação amorosa. Se não der, tente ao menos a civilizada.
 
Abril também é um tempo que tem tudo pra gente reverenciar o amor, quer ver?Em grego antigo, Abril queria dizer espuma (aphros) e foi relacionado à espuma do mar de onde nasceu Afrodite, a deusa do amor. A palavra também é associada a ‘Aprus‘, que no alfabeto etrusco quer dizer Vênus, a mesma deusa do amor — e da paixão. Você acha que é puro acaso? E se, coincidências não existem,  Abril é “o” mês pra gente abrir o peito, o coração, abrir o jogo. Abra o verbo, diga que ama, que sente saudade, que a vida é curta, que um beijo só não basta. Lembrou?
 
Abril tem até o Dia do Beijo! Não que a gente precise mas, dia 13 tá aí pra não deixarmos o beijo se perder na rotina! Então, não deixe pra amanhã o beijo que pode sinalizar os afetos desde hoje. Beije muito! O parceiro, os filhos, os amigos, use, abuse e distribua.

Abril tem o Dia da Mentira que parece ruim, parece piada mas, cá entre nós, o que seria da vida sem a ilusão? Contudo, não se deixe enganar, desconfie do que parece sólido demais. Dê crédito às dúvidas, pode ser saudável, elas podem fazer falta no futuro. E não esqueça: pense (muito!) antes de falar. Na dúvida, abra um livro. E só aja depois de alinhavar. Faça por onde merecer o que a vida tem pra oferecer. O mês parece ganho mas não está. Muito ainda precisa ser feito se você quer ver seu projeto, seu trabalho, sua ideia florescer.

Abril pode também abrir o apetite pra colaborar com os desejos do signo de Touro que gosta demais da conta de mesa farta. Abra seu caderno de receitas, prepare um prato que aguce os sentidos, à moda de Vênus, que rege Touro que nos remete a Abril. Viu!? Acasos não existem. Abra a casa, a mão, receba os amigos, a família, abra o baú das memórias, provoque as boas lembranças, sem pressa, em volta da mesa, celebrando a vida. Abra um vinho. Dois. Abra-se para a vida. E abra a porta pra Abril entrar cheio de graça!

Espalhe por aí...Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Responder

Seu e-mail não será publicado.


*