pré estreia

estreia_01Não existe folha mal preenchida nos meus diários, escritos ou imaginários. Ou encontro meu início e me esparramo em folha inteira ou continuo sendo uma sensação inconclusa.

Não há decisão a tomar, situação a ser p(r)ensada e pesada antes de agir. Ou procuro meu começo justificando todo o fim ou continuo tendo os fins e os meios sem o princípio do ato.

Assim, de viés, posso parecer indefinida mas, a verdade – a mais pura -, é que sou concluída por decisões que já me tomaram e por experiências que já me decidiram. Assim, de revés, pode causar a impressão de que me falta planejamento e determinação – mas não, esses são parceiros amigáveis.

O que se ausenta de mim é a primeira palavra, – ignorada – e de onde nascerá o final pré-concebido. O que me falta não é a última cena, essa já decorei sem ensaio.

Eu careço das estréias para ser inaugurada.

Espalhe por aí...Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

1 Comentário em pré estreia

Responder

Seu e-mail não será publicado.


*