cota para loiras

Já tem um bom tempo que uma amiga me pede para escrever uma defesa, um manifesto que seja, reivindicando um programa de “Cota para Loiras”. O que começou em tom de brincadeira quase virou coisa séria depois do pronunciamento do presidente da República, quando atribuiu a “culpa” da crise marolinha aos loiros de olhos azuis.

Pois, de tanto minha amiga loira (natural) insistir, resolvi transformar esse tema, mais pra letra de pagode do que pra manifesto social, nessa crônica aqui.

Espalhe por aí...Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

1 Comentário em cota para loiras

  1. Claudia,

    Sinto tanto a sua falta na “Crônica do Dia” que a única maneira que eu encontrei para matar a saudade foi relendo o seu livro. Por onde anda você, menina? Sou totalmente leiga em matéria de internet e só hoje, resolvi dá um clic no seu nome (no comentário do Albir) na tentativa de encontrar um espaço seu (blog). Agora já sei e virei sempre, nesse cantinho, para buscar ‘palavras encanto’ para os meus dias. Você faz muita falta! Bjs.

Responder

Seu e-mail não será publicado.


*